Ponderações, Sem categoria

Minha travessia

“Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos”. Fernando Pessoa escreveu lindamente sobre os rompimentos que, por vezes, precisamos promover em nossas vidas, sobre as travessias necessárias De repente me vi a beira de uma dessas travessias impossíveis de ignorar, dessas em que é preciso despir até a alma. Nada fácil, nem  ...