Ponderações, Sem categoria

Sobreviver é pouco

A vida pede mudança, pede coragem e uma dose de ousadia. Ela não só pede, a vida praticamente exige tudo isso nos empurrando sempre para novas direções e faz assim porque sem mudança não tem evolução, não tem amadurecimento e porque isso não é viver, é só sobreviver.

Li em algum lugar que viver não é para amadores, não é, mas não é mesmo. Viver assim, como a vida quer e quase exige, mudando, evoluindo, amadurecendo, dá um trabalho danado, às vezes cansa, chega a dar  vontade de desistir, mas apenas sobreviver é sempre tão vazio.

Sobreviver é sabidamente confortável, linear, devagar, mas é também insípido, inodoro e incolor, não impulsiona, não faz crescer. Apesar dos pesares, das dores ocasionais e de todos os riscos envolvidos, viver tem cores, tem cheiros, sons e gostos, viver de fato é prazerosamente transformador  – e só pode ser esse o sentido da vida.

Acho que você gostaria de ler também...

Deixe seu comentário