Ponderações, Sem categoria

A paciência nossa de cada dia

Paciência nunca figurou entre as minhas virtudes. Eu simplesmente não tinha paciência de  esperar nada, nem ninguém, meu tempo era sempre acelerado. Já fui um verdadeiro coelho da Alice correndo e gritando: É tarde, é tarde, tenho pressa, tenho pressa!! Até hoje nem eu mesma sei do que ou porque! Entre as muitas benesses do tempo para mim foi ver a paciência timidamente dando as caras, começando a fazer parte da jornada. Ela não chegou tão cedo e nem tão fácil, como hoje eu gostaria que tivesse sido, mas o importante é que hoje ela faz um pouco mais  ...